Cinco anos de Android: relembre a história e todas as versões do sistema

Android, sistema operacional móvel mais popular do mundo, completou cinco anos. Lançado para desenvolvedores em 23 de setembro de 2008, a plataforma do Google alcança meia década de vida no topo do mercado, com cerca de 80% da fatia global de smartphones, e uma loja online com os principais apps e jogos do mercado. Para relembrar a trajetória do "robozinho verde", preparamos um especial com a evolução do sistema.







- Android 1.0 (Astro)
Voltado principalmente para negócios, esta versão tinha como principais características suporte a navegadores HTML, reprodução de vídeos via YouTube, além de serviços como GTalk, Gmail, Google Maps e Google Sync. Logo em sua primeira versão, implantou a janela de notificações, além de já possuir o Android Market para o download e atualização de apps.
O sistema do Google, porém, não trazia muitos recursos de câmera e nem reprodução de vídeos no media player. O Android Astro fez sua estreia no G1, primeiro gadget a trazer a plataforma ao mercado consumidor norte-americano pela operadora T-Mobile.


- Android 1.5 (Cupcake)

Lançada em abril de 2009, a segunda versão do Android foi a primeira disponível comercialmente em grande escala. A atualização trouxe correções de bugs e muitas funcionalidades ao sistema do Google. Além disso, o Cupcake chegou com o primeiro telefone touchscreen com a plataforma, o HTC Magic
Outra novidade da versão foi a introdução ds widgets de terceiros, além de uma ferramenta de copiar e colar, opção de captura de vídeo na câmera, upload de conteúdo para YouTube e Picasa. O Android Cupcake trouxe ainda o suporte a reprodução de vídeos, transições animadas de tela, opção de autorrotação de display e adição de fotos aos contatos favoritos.


- Android 1.6 (Donut)

Cinco meses após a estreia do Cupcake, o Android Donut chegou com o mesmo padrão visual do sistema anterior, porém ganhou novos recursos. Foram incluídos mais comandos de voz na busca de conteúdo, online e offline, integração entre galeria e câmera, melhor busca de apps no Android Market, com screenshots, e suporte a telas com resolução WVGA.


- Android 2.0 e 2.1 (Eclair)

Com papeis de parede animados, interface repaginada e novas funcionalidades, o Eclair foi lançado em outubro de 2009 e atualizado em janeiro de 2010. Nesta versão, surgiu o suporte a sincronização de contas, o que permitiu que os usuários adicionassem múltiplas contas em um dispositivo para sincronização de e-mails e contatos.
 O sistema ganhou também Bluetooth 2.1, expansão de opções ao tocar um contato, busca por maior número de conteúdo e novos recursos de câmera (suporte a flash, zoom digital, macro e modos de cena). Também foi adicionado uma digitação via teclado virtual mais arrojada, suporte a mais resoluções de tela, além de melhorias em apps como browser, calendário e Google Maps.


- Android 2.2 (Froyo)

Lançado em 2010 com engine Java V8 e compilador JIT, esta versão se tornou a mais rápida do Android até então. Entre suas novas possibilidades estavam o USB Tethering e a possibilidade de usar o smartphone como um hotspot Wi-Fi.
Com ele, os usuários também puderam rodar conteúdo Flash, ver miniaturas de fotos em 3D, além de melhorias no desempenho, chamadas por voz, opção para desativar o uso de dados de 3G, troca rápida de idiomas no teclado. O sistema ganhou ainda suporte aos displays de até 320 ppi e 720p.


- Android 2.3 (Gingerbread)

Apenas seis meses após o lançamento do Froyo, o Gingerbread manteve as mesmas características visuais do antecessor, com apenas alguns pequenos updates, como na interface de discagem. O sistema ganhou ainda um novo gerenciador de downloads, suporte para múltiplas câmeras, além de mais sensores (giroscópio e barômetro), melhora na autonomia de bateria e compatibilidade com a tecnologia NFC. Lançado em dezembro de 2010, esta foi a mais popular versão do sistema por muito tempo.



- Android 3.0 (Honeycomb)

O Android 3.0, lançado em fevereiro de 2011, ganhou suporte a tablets e nova interface “holográfica”. Foi adicionada as barras de sistema, com acesso rápido a notificações; a de ação, com acesso a opções de aplicativos, além de multitarefas simplificado, teclado redesenhado e navegação em abas na Internet.
A edição Honeycomb trouxe também recursos de câmera (time-lapse, exposição e foco), visualização de álbuns em tela cheia na galeria, bate-papo em vídeo via Google Talk, além de suporte para processadores de múltiplos núcleos e criptografia de dados.


- Android 4.0 (Ice Cream Sandwich)

O Android 4.0 é o divisor de águas entre as primeiras versões e o atual. Lançado em outubro de 2011 e atualizado em março de 2012, passou a permitir uma total customização de launcher, com opção de adicionar apps e widgets simplesmente arrastando-os para a sua tela principal, suporte a pastas, gerenciador de tarefas com screenshots dos aplicativos, recurso de deslizar para fechar, além do Google Chrome embutido.
Entre as novidades também estão captura de imagens do display, acesso a apps na tela de bloqueio, desbloqueio do celular com reconhecimento facial e editor de fotos embutido. Houve ainda melhorias na câmera, gerenciamento de bateria, utilização de dados e conectividades sem fio.

- Androids 4.1, 4.2 e 4.3 (Jelly Bean)
Versão atual do Android, o Jelly Bean tem três edições. A primeira, 4.1, foi lançada em julho de 2012 com opções de acessibilidade melhoradas, notificações expansíveis, opção de desativar alertas app por app, reorganização automática de atalhos e widgets, transferência de dados de Bluetooth para o Android Beam, melhorias na busca por voz e na câmera, além da adição do auxiliar Google Now.
O Android 4.2, que saiu em novembro de 2012, adicionou mais recursos: fotos panorâmicas em 360 graus com o Photo Sphere, teclado com a digitação via gestos, melhorias na tela de bloqueio, multiusuários, novo app de relógio, VPN sempre ligado, mensagens em grupo, além de correções de bugs. Já na 4.3, que saiu em julho deste ano, os destaques ficaram por conta do suporte ao Bluetooth com baixo consumo de energia, resolução 4K e interface de câmera atualizada.


- Android 4.4 (Kit Kat)

Pela primeira vez com um nome de uma marca e não de um doce em si, o Android Kit Kat foi anunciado em setembro de 2013 pelo Google e pela Nestlé. O sistema deve chegar ao mercado entre o fim deste ano e o início de 2014. Ainda não há detalhes específicos confirmados, mas algumas imagens dele já vazaram na rede e mostraram um layout mais clean. Resta aguardar confirmações oficiais sobre as funcionalidades e seu visual. Novidades devem ser anunciadas em breve.

Mais curiosidades sobre a plataforma Android e seus nomes? Saiba mais em: Tecnoblog

Fonte: Tech Tudo






















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta