Google chama próxima versão do Android de KitKat

O Google anunciou nesta terça-feira que o Android 4.4 vai se chamar KitKat, como a barra de chocolate da Nestlé. O anúncio foi feito pelo vice-presidente sênior do Android, Sundar Pichai, no Twitter e em seu perfil do Google+.
"Voltando da Ásia, fiquei empolgado de encontrar esse cara esperando para me cumprimentar no jardim da frente - adorei a nova estátua #AndroidKitKat e mal posso esperar para lançar a próxima versão da plataforma que é tão boa quanto o chocolate, um dos favoritos de nossa equipe :)", escreveu o executivo.
Pichai ainda anunciou nas redes sociais que o Android atingiu a marca de 1 bilhão de ativações. O vice-presidente sênior do sistema operacional mobile do Google afirmou que esteve na Ásia visitando parceiros do Android e adiantou que há "muito mais" novidades previstas por fabricantes para apresentação na IFA, em Berlim, de 6 a 11 de setembro.
À BBC, o diretor de parcerias do Android, John Lagerling, afirmou que o acordo entre o Google e a Nestlé, dona da marca Kit Kat, não inclui pagamento de nenhuma das partes. A ideia de Mountain View, segundo ele, era fazer algo "divertido e inesperado".
A Nestlé, por sua vez, fabricará 50 milhões de barras de Kit Kat com embalagens especiais, em que o robô mascote do Android aparece comendo um chocolate. Haverá vales em algumas embalagens valendo créditos para a loja Google Play e para tablets Nexus 7. Serão 19 países a receber as barras, o Brasil entre eles, ao lado de Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Índia e Rússia, por exemplo. Haverá, ainda, barras do chocolate especiais, no formato do mascote do Android.
Origem da ideia
Desde 2009, quando o Google criou a Open Handset Alliance, todas as versões do Android ganham nomes de sobremesas, seguindo a ordem alfabética. Até então, foram: Cupcake, Donut, Eclair (espécie de bomba de chocolate), Froyo (abreviação de frozen yogurt), Gingerbread (pão de alho), Honeycomb (favo de mel), Ice Cream Sandwich (biscoite de sorvete) and Jelly Bean (bala de goma).
Para a versão K, esperava-se que o Android 4.4 fosse chamado Key Lime Pie (torta de limão), e o sistema era chamado de KLP em documentos internos. Mas, segundo Lagerling, o nome KitKat já está definido desde o ano passado. "Percebemos que pouquíssimas pessoas realmente conhecem o sabor da torta de limão. Um dos lanches que sempre temos na cozinha para as madrugadas de programação é o KitKat. Então alguém disse: 'ei, por que não chamamos a versão de Kit Kat?'", contou à BBC.
"Sinceramente, decidimos em uma hora que íamos dizer, 'vamos nessa'", completou o chefe de Marketing da Nestlé ao canal britânico de notícias. Questionado sobre como eventuais problemas com o Android 4.4 poderiam afetar a marca de chocolate suíça, o executivo respondeu que fazer algo diferente "sempre apresenta um risco mais alto do que fazer algo muito mais tradicional".
No Twitter @KitKat, a Nestlé também postou uma imagem anunciando a parceria. No YouTube, a marca de chocolates publicou um vídeo em estilo cômico em que descreve o Kit Kat como se fosse um dispositivo tecnológico, brincando com a forma com que companhias do setor costumam apresentar novos produtos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta