bannerrootday

No Brasil, console que roda jogos de 10 videogames deve custar R$ 600

O Retron 5 chega ao mercado norte-americano em 10 de dezembro e de uma a duas semanas depois ao Brasil, segundo Wagner Fulco (diretor de negócios da Hiperkin).  Por enquanto, a companhia estima que o preço será de R$ 600.



“Mas não sabemos ainda, devido à burocracia do governo brasileiro. Pode piorar ou pode melhorar”, diz. “Mas não vai custar R$ 4 mil que nem o PlayStation 4, né”, diz o executivo, brincando com o preço do console da Sony que assustou os jogadores brasileiros.


Nas apresentações das funcionalidades do videogame, Fulco, aliás, brinca que essa é a única diferença do Retron 5 para o PS4.

Pode-se usar os cartuchos de videogames NES, Famicon (versão japonesa do NES), Super Nintendo, Super Famicom (versão japonesa do SNES), Mega Drive, Genesis, Game Boy, Game Boy Color, Game Boy Advance e o Master System.
O controle do console não possui fio e pode ser configurado para os diversos consoles. A conexão é feita por bluetooth e responde dentro de um raio de dez metros. O videogame possui ainda entradas para os controles originais.
Em vez de botões direcionais, como os controles da maioria dos videogames que emula, o Retron 5 possui uma alavanca, similar à de aparelhos como PlayStation e Xbox, da Microsoft.
O Retron 5 também tenta solucionar o problema de rodar games antigos em TVs modernas. O Retron 5 usa entrada HDMI que transmite imagens de alta qualidade mesmo para cartuchos antigos.
Além disso, o console permite fazer capturas de telas durante o jogo, algo que já ocorre em consoles modernos. Os games poderão ainda ter sua progressão salva em um cartão de memória, dispositivo que também armazenará as imagens feitas durante as partidas.
O sistema do Retron 5 permitirá jogar os cartuchos antigos com todos as trapaças (mais comumente chamadas de "cheats" entre os gamers) disponíveis no Game Genies, espécie de lista de truques.


Além do console, a empresa traz ao Brasil o SupaBoy, um portátil do Super Nintendo. Ele é um pouco grande, mas compensa com a leveza. Agora, dá para jogar Super Mario em qualquer lugar. Quer jogar com um amigo? Conecte dois controles e faça a mágica acontecer em sua tela ou na televisão.


O Retron 5 chega ao Brasil em dezembro, custando R$ 599,90. Já o SupaBoy começa as vendas em novembro, por R$ 499,90. Os jogos são comercializados separadamente. Para comprá-lo, acesse o site da distribuidora dos videogames no Brasil 

Fontes: G1 , GQ Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aprenda mais sobre segurança da Informação no evento Worksec

CANAL NO TELEGRAM

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018