Pou x My Boo: veja o comparativo entre os jogos de 'bichinhos virtuais'



Pou é atualmente um dos jogos de maior sucesso para smartphones e tablets, inspirando vários títulos similares, como My Boo, lançado recentemente para Android e iOS. Com funções muito similares entre si, jogadores comumente se perguntam qual é o melhor e, por isso, o TechTudo preparou este comparativo entre os dois jogos de "bichinhos virtuais".




Precinho camarada
Quem possui um smartphone ou tablet Android pode baixar o jogo de graça na Google Play. Já para quem tem iPhone, iPod Touch ou iPad a história é diferente. Na App Store, Pou custa US$ 1,99, o que é fator proibitivo para alguns, não pelo preço, mas pela impossibilidade de ter um cartão internacional. Vale lembrar que estamos falando de um jogo simples, focado no público infantil, apesar de fazer bastante sucesso também entre adultos.
Para iOS, My Boo, leva vantagem por ser gratuito na plataforma da Apple, mas o sucesso de Pou é tão grande que o jogo está em primeiro lugar na categoria de "Aplicativos pagos" da App Store Brasileira. No Android, a situação parece empatada, mas Pou leva vantagem por não exibir anúncios.

O Fator “Freemium”
Essa é uma questão difícil de ser avaliada, mas necessária para determinar que jogo sairá mais barato para o jogador. Neste aspecto, novamente, Pou é o vencedor. Os itens essenciais, como comida, são muito mais baratos que em My Boo, que oferece quase a mesma quantidade de moedas que Pou pelo triplo do preço.

Tradução para o português
Mais um ponto para Pou. Se você tem dificuldade com o inglês, poderá se perder em My Boo. Já em Pou, a maioria dos menus e as opções do botão de ajuda estão em português. Porém, em alguns momentos Pou exibe notificações em inglês, o que não chega a ser um obstáculo, pois elas são acompanhadas de um ícone simbolizando a atividade necessária para satisfazer seu bichinho.
My Boo, pelo contrário, está todo no idioma inglês. Porém, o sistema do game é simplificado o bastante para que o jogador não sinta muitas dificuldades.

Minigames
Ambos os jogos possuem diversos minigames para o jogador se divertir com seu amiguinho virtual. Porém mais uma vez Pou leva vantagem, pois conta com 20 jogos contra apenas seis de My Boo. A variedade dos desafios de Pou também impressiona, com opções para quem gosta de jogos de raciocínio, agilidade, combinações e mais.
Nos dois jogos as premiações dos minigames são as mesmas: moedas para serem gastam com seu bichinho virtual.

Notificações
Se o jogador deseja ser avisado sobre as atividades do jogo, Pou leva vantagem por emitir, além de um aviso visual, um som. O som é característico ao jogo e fácil de identificar, facilitando a tarefa de cuidar de seu pet virtual. Mas se esse sistema de notificação incomodar, o jogador tem a opção de desabilitar os efeitos sonoros no menu do game.
Mas se o objetivo do jogador é ser pouco notificado, My Boo oferece esse tipo de interação. No princípio o jogo exibe tantas notificações como Pou, mas com o tempo elas vão diminuindo, tornando-se mais esporádicas.
Gráficos
No ramo de jogos com bichinhos virtuais, a lógica é:  “menos é mais”. Novamente Pou leva vantagem em relação a My Boo. Muito leve, Pou abre quase que instantaneamente, enquanto My Boo exibe uma tela de apresentação. Os gráficos simples do Pou tem um objetivo tornar o jogo o mais leve possível para não motivar o jogador a desinstalá-lo.
My Boo perde por muito pouco. O desafiante do Pou é igualmente leve, mas apresenta gráficos mais coloridos e com mais camadas de animação, o que resulta em um visual melhor, mas ligeiramente mais pesado que o do rival.

Conclusão
Seja Pou ou My Boo, ambos são jogos excelentes para quem quer cuidar de um pet virtual. Pou se sai melhor por estar em português e ser gratuito na plataforma móvel mais usada no Brasil, o Android. Mas My Boo segue logo atrás como um dos melhores e mais bonitos jogos com bichinho virtual da atualidade, grátis para Android e iOS.
Fonte: Tech Tudo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta