bannerrootday

Memórias DDR4 devem ser lançadas ainda em 2013

A próxima geração de tecnologia em memórias pode sair antes do que você imagina: depois de seis anos com a DDR3 em destaque, o site da fabricante Crucial foi atualizado com informações sobre a DDR4, incluindo uma data de lançamento para os primeiros módulos da série: o final deste ano de 2013, possivelmente em dezembro.


A DDR4 da Crucial seria capaz de oferecer desempenho por módulo muito superior ao antecessor, a DDR3: uma voltagem até 20% menor, o dobro da velocidade e 300% de densidade a mais. Isso significa processamento de dados mais veloz, aplicativos carregados bem rapidamente, respostas imediatas do sistema aos comandos e multitarefas aprimorado.



O único problema é que, por contar com uma arquitetura de fabricação diferenciada, você terá também que trocar a placa-mãe atual por uma compatível com os novos módulos.


Tudo melhor


A questão da voltagem é importante para quem gosta de economizar. O 1,2 V prometido é capaz de promover maior durabilidade para baterias, além de significar menores gastos com energia, algo que fica bem mais evidente em data centers. O superaquecimento, ao menos na área da memória, é minimizado, já que menos calor é emitido por módulo de memória.

A velocidade mínima de 2,1 GHz permite não só que seus programas atuais rodem melhor e respondam mais rápido, mas facilita o desenvolvimento de aplicativos cada vez mais exigentes na questão de leitura de dados.




Por fim, há a densidade. Quanto maior for esse valor, mais é possível extrair de um único módulo de memória. Desse modo, é possível armazenar mais dados em um único componente, o que pode resultar em pentes de até 16 GB, o dobro do limite da DDR3.


É só o começo


Se você já achou as especificações incríveis, a Rambus quer deixar o consumidor de queixo caído. A companhia está disposta a aumentar a potência desses módulos que ainda nem foram lançados com a tecnologia Rambus R+.

A partir dela, seria possível abaixar o consumo em 25%, aumentar a velocidade em 50% e atingir incríveis 6,4 Gbps. Apesar de não serem muito popularizadas, as tecnologias da Rambus costumam agradar a certos segmentos da indústria: é dela a XDR DRAM do PS3, por exemplo. Ou seja, pelo visto, a geração atual de consoles chegou um pouco antes das novas memórias.


Fonte: Tecmundo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CANAL NO TELEGRAM

Aprenda mais sobre segurança da Informação no evento Worksec

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018