bannerrootday

Winamp, popular player de música com 15 anos, será descontinuado

Winamp, popular software para computadores, será descontinuado em 20 de dezembro. A Nullsoft, desenvolvedora, anunciou o fim do suporte ao aplicativo, que tem mais de 15 anos de mercado e fez fama entre o final dos anos 90 e início de 2000. O encerramento também afetará o site e serviços associados, como rádios online e páginas de suporte a “skins”.


A data marca o término do serviço e também a indisponibilidade do download de novas ou antigas versões do programa. Porém, quem optar por continuar utilizando edições antigas, ou guardar instaladores para posterior uso, não será impedido ou afetado pela triste notícia.



"O Winamp.com e serviços associados não estarão mais disponíveis a partir de 20 dezembro de 2013. Além disso, o player Winamp Media não estará mais disponível para download. Por favor, faça o download da última versão antes dessa data. Obrigado por apoiar a comunidade Winamp há mais de 15 anos", diz o alerta no site da desenvolvedora do player de mídias.
O Winamp foi lançado em 1997, pelos universitários Justin Frankel e Dmitry Boldyrev. A intenção inicial era ser compatível com músicas no formato MP3, que ganhou popularidade pouco tempo depois, graças a diversos sistemas de compartilhamento de arquivos pela web.

A Nullsoft, produtora fundada pela dupla para trabalhar no Winamp e em serviços associados, foi comprada pela AOL em 1999, e desde então deu total suporte ao lançamento de novas versões ao longo dos anos, incluindo a fatídica versão 3.0, que foi mal recebida por usuários e descontinuada pouco tempo depois. A versão 5.66 é a mais atual e ainda está disponível.
Ainda hoje, com outras opções de players no mercado, muitos usuários optavam pelo uso do Winamp por ser uma alternativa relativamente leve e que consumia pouca memória no PC.
Fonte: Tech tudo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aprenda mais sobre segurança da Informação no evento Worksec

CANAL NO TELEGRAM

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018