bannerrootday

Galaxy Fame ou Razr D1? Confira o comparativo de celular da semana

Entre os principais celulares econômicos do mercado, qual escolher: o Samsung Galaxy Fame e o Motorola Razr D1? Com preços baixos, especificações técnicas regulares e dual-chip, resolvemos te dar uma força da hora de escolher o seu e colocamos os smartphones lado a lado no comparativo da semana. Qual será que se saiu melhor? Confira a análise abaixo.




Desempenho: Razr D1
O Galaxy Fame e o Razr D1 têm o mesmo processador: um Cortex A9 de 1 GHz, assim como as suas memórias internas também são iguais: 4 GB. O celular da Motorola, no entanto, tem a memória RAM maior, e isso faz com que seu desempenho seja melhor do que o do Samsung. No Fame, há somente 512 MB de RAM, enquanto no D1 já são 1 GB.
Outro ponto comum e relevante ao desempenho de um aparelho é o fato de ambos terem slots para cartão de memória. O Fame, entretanto, suporta microSDs de até 64 GB, enquanto o Razr suporta até 32 GB. Além disso, a bateria do Motorola é mais poderosa: 1.785 mAh contra 1.300 mAh do Fame. As conectividades são Bluetooth, USB, 3G e Dual-Sim, mas o Fame possui um diferencial: o NFC.
Tela: Empate
As telas do Galaxy Fame e do Razr D1 são iguais e têm a mesma tecnologia TFT, além de suporte a múltiplos toques. Elas medem 3,5 polegadas, com resolução de 320 x 480 pixels, e têm densidade de 165 ppi. Características bem simples, confirmando que eles são smartphones de entrada.
Dimensões: Razr D1

O Fame mede 113.2 x 61.5 x 11.55 mm e pesa 120.6 gramas. É bem mais robusto, em todos os aspectos, do que o D1, cujas medidas são 110 x 59 x 10,9 mm, e o peso é 110 gramas somente. Portanto, a opção mais portátil dentre os dois é o gadget da Motorola.
Design: Razr D1
Além das dimensões, o Razr D1 tem um visual mais arrojado do que o do Galaxy Fame. Ambos têm as características marcantes de suas linhas (Razr e Galaxy), mas o visual é mais bonito no aparelho da Motorola, mesmo com sua parte traseira sendo de plástico, e não de Kevlar, como outros integrantes da série Razr. A textura implantada pela Motorola ajuda ele a não escorregar da mão do usuário e dá um tom bem diferente e bonito ao D1.
Câmeras: Galaxy Fame

As câmeras traseiras de Galaxy Fame e Razr D1 têm 5 megapixels e contam com todos os recursos mais básicos, como foco por toque, geo-marcação e detecção de rostos. No vídeo, 480p de resolução para os dois lado. A vantagem do Galaxy Fame é que ele possui câmera frontal, e o Razr D1 não. Mesmo com a qualidade restrita a VGA, já é um diferencial.
Sistema operacional: Empate
Os dois aparelhos têm o Android 4.1 Jelly Bean como sistema operacional. Por isso, não existe muito o que comparar. A diferença fica somente na interface. O Fame utiliza a sua TouchWiz, da Samsung, e a Motorola também tem sua própria customização do sistema operacional móvel do Google.
Preço: Empate técnico
O equilíbrio do comparativo continua no preço. O Galaxy Fame e o Razr D1, de acordo com buscas feitas na Internet, têm valores de mercado semelhantes. O Samsung é vendido por preços a partir de R$ 428. O Motorola a partir de R$ 422. Os dois são bem baratos para o que costuma se cobrar por smartphones atualmente.

Considerações finais
A disputa é acirrada, mas o Razr D1 leva vantagem em mais pontos do que o Galaxy Fame neste comparativo. Ele tem o design mais bonito, o corpo mais portátil, maior quantidade de memória RAM e vida útil da bateria. Ao unir o visual ao desempenho, ele supera o aparelho da Samsung.
A disputa, entretanto, é acirrada. Os processadores, a câmera traseira, a memória interna e a tela do Razr são iguais ao conjunto do Galaxy Fame. Além disso, eles têm preços parecidos e, portanto, escolher entre eles não é fácil. Qualquer um dos dois é uma escolha de qualidade para quem busca um telefone razoável e por preço baixo.

Fonte: Tech tudo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta