Como escolher uma impressora a laser colorida?

A quantidade de opções de impressoras a laser no mercado aumenta cada vez mais, e escolher um modelo nem sempre é uma tarefa fácil. O que é preciso levar em consideração antes de comprar uma nova? Listamos algumas dicas de como escolher o melhor modelo para cada tipo de demanda.




Desempenho - É crucial saber o quanto uma impressora pode produzir antes de comprá-la e levá-la para casa. No caso das impressoras, é importante atentar para três pontos principais. Primeiramente, os DPIs (pontos por polegada). Eles medem a resolução que sua impressora pode usar. Quanto maior, melhor, assim como os megapixels em câmeras fotográficas, por exemplo.
Outro ponto fundamental está nas PPMs (páginas por minuto). Elas representam a quantidade de páginas que uma impressora consegue imprimir a cada minuto. Esse ponto varia bastante, e também pode mudar por causa de outras características, como a própria resolução em DPIs. Mais uma vez, quanto maior o número, melhor. Afinal, ele indicará que o aparelho imprime em maior quantidade e mais rápido.
O terceiro fator da lista é o ciclo mensal, informação que indica o volume máximo suportado de impressões por mês no gadget. Como impressoras laser normalmente são utilizadas por quem necessita de velocidade, qualidade e quantidade, analisar esses três pontos é obrigatório antes de se escolher um modelo.
Laser x Jato de TintaA diferença de preço ainda é grande entre elas, e o ponto principal aqui é a necessidade de cada usuário. As jato de tinta são mais baratas, têm qualidade razoável, custo de tinta baixo e são mais adequadas para usar em casa. Já as laser têm capacidade mais alta de impressão, em todos os aspectos, o custo dos tonéis é maior e as próprias impressoras também são mais caras.
Durabilidade e Reparos - A manutenção das impressoras laser coloridas não é simples, e, por isso, sua durabilidade acaba não sendo tão grande. Para compensar, é bom saber se a marca da impressora que você pretende comprar tem assistência técnica no Brasil e como é o seu suporte.
Estima-se que é bom fazer um reparo na máquina a cada 20 mil impressões, portanto, não abra mão dessa verificação. Elas são mais frágeis e podem gerar um grande prejuízo caso não passem por esses "check-ups" periodicamente.

Conectividade e Compatibilidade - Além de saber tudo o que a impressora faz, é fundamental ter uma informação simples: se ela funciona em todo o seu ambiente – especialmente em casos de empresas. Veja se ela possui conectividades mais diferenciadas, como WiFi, pois isso pode fazer com que ela seja extremamente útil em impressões remotas, por exemplo.
Custo-BenefícioObviamente, esse é outro aspecto fundamental. Não se atente somente ao preço da impressora, mas também ao que ela vai lhe dar como retorno em cada aspecto citado acima. As impressoras laser coloridas são caras, mas possuem ótima qualidade. Os tonéis também são mais caros, porém duram bem mais do que cartuchos comuns.
Pesquise bem os preços da tinta e quanto ela vai poder imprimir, além ainda de todos os números médios da impressora. Só assim será possível chegar a um tipo de conclusão sobre qual comprar. No fim, realmente vale a pena gastar um pouco mais em um modelo completo caso seja realmente necessário.
Fonte: Tech tudo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta