bannerrootday

Player de música de Neil Young bate meta de investimento em menos de um dia

Menos de um dia após a campanha do Pono ir aor ar no site de financiamento coletivo Kickstarter, o projeto capitaneado por Neil Young atingia a meta de US$ 800 mil para ser produzido de acordo com o The Verge. A pré-venda começou a meia-noite desta quarta-feira (12) no horário dos Estados Unidos e pouco antes de completar 24 horas no ar já bate a casa do US$ 1,8 bilhão (às 18h no horário de Brasília).




O Pono é um player  que também dá nome a um ecossistema para pessoas que querem ouvir música em toda a sua complexidade, tal qual o artista gravou em estúdio. Na descrição do projeto, Neil Young e seus sócios explicam que, ao longo dos anos, a compactação tornou as músicas mais fáceis de baixar e mais portáteis, mas, por outro lado, prejudicou a qualidade do áudio. E é essa qualidade que o músico canadense quer trazer de volta e no qual trabalha desde 2011.
No Kickstarter, o PonoPlayer tem duas opções de cores, preto ou amarelo, e uma linha de edições limitadas autografadas por artistas apoiadores. É possível escolher de quem será o autógrafo. E as opções não são poucas: Pearl Jam, Neil Young, Tom Petty, Crosby Stills Nash & Young, Foo Fighters, Willie Nelson, Patti Smith, Arcade Fire, Beck, Dave Mathews Band, Herbie Hancock, Norah Jones, Lenny Kravitz, Pearl Jam, My Morning Jacket, e James Taylor.

Com o player portátil nasce também a PonoMusic.com, a loja de músicas em alta definição que alimenta o dispositivo, mas que também funciona na web por meio de aplicativos para Mac ou Windows. É nessa loja que os usuários poderão baixar, mediante compra, os álbuns com a máxima qualidade possível. Tal qual em um iPod, player da Apple, será possível sincronizar as faixas do computador com o PonoPlayer através de um cabo USB.O player de música digital tem uma tela sensível ao toque e duas saídas. A primeira é para fones de ouvido mini-estéreo e a segundo é um mini-plug de saída estéreo analógico para conectar o dispositivo a um aparelho de som. Ainda de acordo com oThe Verge, quando chegar ao mercado tradicional, o Pono vai custar US$ 399 (cerca de R$ 950), com 128 GB, o suficiente para armazenar de 100 a 500 álbuns com faixas em alta fidelidade.

Com gravações em ultra alta resolução (192kHz/24 bit), um arquivo digital tem cerca de seis vezes mais informações do que um mp3 típico e possui cerca de 30 vezes mais dados sobre a música do que um player normal é capaz de reconhecer. O formato utilizado pela PonoMusic é o FLAC, da sigla em inglês Free Lossless Audio Codec, mas o dispositivo será compatível com formatos de música de alta resolução mais populares. 


Para ganhar um PonoPlayer preto ou amarelo, é preciso desembolsar no mínimo US$ 300 (cerca de R$ 700), mais US$ 15 para quem mora fora dos Estados Unidos. Há também cotas para receber a versão autografada por um dos artistas apoiadores por um investimento mínimo de US$ 400 (em torno de US$ 940).A campanha no Kickstarter tem várias faixas de financiamento que vão de US$ 5 até US$ 5 mil. Este último inclui além de um PonoPlayer autografado, um jantar com Neil Young, convite para a festa de lançamento e uma pernoite no Half Moon Bay Ritz, na Califórnia, Estados Unidos (essa opção, no entanto, já está esgotada). As bonificações para os apoiadores também variam bastante, e incluem agradecimentos no site, camisetas, cartazes autografados, entre outros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cuidado com as redes gratuitas nos Jogos Olímpicos de 2016

CANAL NO TELEGRAM

Aprenda mais sobre segurança da Informação no evento Worksec