bannerrootday

Player de música de Neil Young bate meta de investimento em menos de um dia

Menos de um dia após a campanha do Pono ir aor ar no site de financiamento coletivo Kickstarter, o projeto capitaneado por Neil Young atingia a meta de US$ 800 mil para ser produzido de acordo com o The Verge. A pré-venda começou a meia-noite desta quarta-feira (12) no horário dos Estados Unidos e pouco antes de completar 24 horas no ar já bate a casa do US$ 1,8 bilhão (às 18h no horário de Brasília).




O Pono é um player  que também dá nome a um ecossistema para pessoas que querem ouvir música em toda a sua complexidade, tal qual o artista gravou em estúdio. Na descrição do projeto, Neil Young e seus sócios explicam que, ao longo dos anos, a compactação tornou as músicas mais fáceis de baixar e mais portáteis, mas, por outro lado, prejudicou a qualidade do áudio. E é essa qualidade que o músico canadense quer trazer de volta e no qual trabalha desde 2011.
No Kickstarter, o PonoPlayer tem duas opções de cores, preto ou amarelo, e uma linha de edições limitadas autografadas por artistas apoiadores. É possível escolher de quem será o autógrafo. E as opções não são poucas: Pearl Jam, Neil Young, Tom Petty, Crosby Stills Nash & Young, Foo Fighters, Willie Nelson, Patti Smith, Arcade Fire, Beck, Dave Mathews Band, Herbie Hancock, Norah Jones, Lenny Kravitz, Pearl Jam, My Morning Jacket, e James Taylor.

Com o player portátil nasce também a PonoMusic.com, a loja de músicas em alta definição que alimenta o dispositivo, mas que também funciona na web por meio de aplicativos para Mac ou Windows. É nessa loja que os usuários poderão baixar, mediante compra, os álbuns com a máxima qualidade possível. Tal qual em um iPod, player da Apple, será possível sincronizar as faixas do computador com o PonoPlayer através de um cabo USB.O player de música digital tem uma tela sensível ao toque e duas saídas. A primeira é para fones de ouvido mini-estéreo e a segundo é um mini-plug de saída estéreo analógico para conectar o dispositivo a um aparelho de som. Ainda de acordo com oThe Verge, quando chegar ao mercado tradicional, o Pono vai custar US$ 399 (cerca de R$ 950), com 128 GB, o suficiente para armazenar de 100 a 500 álbuns com faixas em alta fidelidade.

Com gravações em ultra alta resolução (192kHz/24 bit), um arquivo digital tem cerca de seis vezes mais informações do que um mp3 típico e possui cerca de 30 vezes mais dados sobre a música do que um player normal é capaz de reconhecer. O formato utilizado pela PonoMusic é o FLAC, da sigla em inglês Free Lossless Audio Codec, mas o dispositivo será compatível com formatos de música de alta resolução mais populares. 


Para ganhar um PonoPlayer preto ou amarelo, é preciso desembolsar no mínimo US$ 300 (cerca de R$ 700), mais US$ 15 para quem mora fora dos Estados Unidos. Há também cotas para receber a versão autografada por um dos artistas apoiadores por um investimento mínimo de US$ 400 (em torno de US$ 940).A campanha no Kickstarter tem várias faixas de financiamento que vão de US$ 5 até US$ 5 mil. Este último inclui além de um PonoPlayer autografado, um jantar com Neil Young, convite para a festa de lançamento e uma pernoite no Half Moon Bay Ritz, na Califórnia, Estados Unidos (essa opção, no entanto, já está esgotada). As bonificações para os apoiadores também variam bastante, e incluem agradecimentos no site, camisetas, cartazes autografados, entre outros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entenda o que é o Windows 10 S, a nova versão 'super-rápida' do sistema

ZeusPro: dispositivo promete amplificar sinal Wi-Fi sem utilizar energia elétrica

PC de bolso usa capinha de iPhone como gabinete