bannerrootday

Samsung não tem planos de usar Android ou Tizen no Gear Fit

Revelado durante a MWC 2014, o Gear Fit não vai recorrer ao Android (vale lembrar que a Sony também descartou o Android Wear para os seus relógios inteligentes) ou o Tizen como seus sistemas. De acordo com a Samsung, a ideia é usar um sistema operacional que funcione em tempo real na pulseira para que ela possa se dedicar a realizar tarefas específicas sem atrasos. 



Segundo Seshu Madhavapeddy, vice-presidente sênior de produto e tecnologia da Samsung Telecommunications America, isso ajudou a empresa com a bateria do aparelho, já que ele usa uma quantidade pequena de memória e menos poder de processamento se comparado ao smartwatch Gear 2. 

Conforme publicado no site Sam Mobile, a presença de um sistema operacional que funcione em tempo real ajuda a realizar cálculos mais precisos de contagem de passos e taxa de batimentos cardíacos. Em contrapartida, impede que desenvolvedores trabalhem em aplicativos para o acessório.

Fonte: Sam Mobile

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CANAL NO TELEGRAM

Aprenda mais sobre segurança da Informação no evento Worksec

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018