Galaxy S5 ou Galaxy S4? Veja o comparativo de smartphones da semana

Colocamos frente à frente os principais smartphones lançados pela Samsung em 2013 e 2014: Galaxy S4 e Galaxy S5, respectivamente. Com a chegada do S5 em território nacional, será que o top de linha é a melhor opção da empresa sul-coreana para os consumidores brasileiros? Confira:




Desempenho: S5
Como é de uma geração posterior, o S5 tem vantagem óbvia em termos de hardware. O aparelho conta com processador, bateria e espaço de armazenamento melhores do que o de seu antecessor. No entanto, o S4 não fica tão atrás. Em memória RAM, 2 GB, e em memória interna, 16 GB, eles são iguais.
No processador, o S5 conta com um Snapdragon 801 quad-core de 2,5 GHz, enquanto o S4 conta com Snapdragon 600 quad-core de 1,9 GHz. A bateria do modelo mais novo dá 2.800 mAh ao gadget, enquanto seu antecessor tem 2.600 mAh. A compatibilidade com os cartões microSD do S5 é duas vezes maior do que a do S4: 128 GB contra 64 GB.
Dimensões: S4
Se em termos de hardware ele é igual ao sucessor, o Galaxy S4 leva maior vantagem nas dimensões. Ele tem display só um pouco menor, mas suas dimensões são muito mais compactas: tela de 5 polegadas, 136,6 x 69,8 x 7,9 mm e 130 gramas. Já o S5 tem 5,1 polegadas, 142 x 72,5 x 8,1 mm e 145 gramas.
O design deles também é diferente. O S4 tem acabamento traseiro semelhante ao que é utilizado em todos os integrantes da linha Galaxy antes dele. O S5 conta com a sua parte traseira “furadinha”. Também é de plástico, porém, com pequenas bolinhas. A diferença é significativa, e a escolha depende do gosto de cada usuário.
Os dois têm telas Super AMOLED, com resolução de 1080 x 1920 pixels. A diferença fica só por conta do tamanho. O S4 é ligeiramente menor, com 5 polegadas. O S5 possui 5,1. Sendo assim, a densidade de pixels por polegadas do modelo de 2013 é maior: 441 ppi. A do S5 é de somente 432 ppi.
Porém, a diferença é tão pequena que não há como destacar. Elas são quase iguais. Se o S4 tem a vantagem das polegadas por pixel, o S5 conta com resistência à água e poeira como diferencial. O consumidor que está em dúvida entre os dois não deve tirar uma conclusão somente pela tela.

Câmeras: S5
As câmeras dos dispositivos top de linha da série Galaxy, da Samsung, costumam estar entre as mais elogiadas do mercado. Possuem disparo rápido, uma série de recursos, e ainda uma ótima qualidade de imagem. Se a câmera do S4, com 13 megapixels e vídeos HD, já era boa, a do S5 é a ainda melhor.
Conta com 16 megapixels, vídeos em 2160p e tecnologia Isocell para melhores fotos em baixa luz. Ambas têm Dual-Shot, estabilizador, HDR, geolocalização, detecção de rostos, disparo contínuo e diversos modos de fotografia. Na câmera frontal, ambas têm o sensor com 2 megapixels.

Sistema operacional: Empate
Os dois aparelhos têm como sistema operacional o Android 4.4 "KitKat", e ainda contam com aplicativos do Google e da Samsung instalados. A diferença é que o S5 possui o leitor de digitais e o sensor de batimentos cardíacos.
Preço e disponibilidade: S4
Em termos de disponibilidade, ambos são fáceis de encontrar não só na loja da Samsung como também nas operadoras e nas redes do varejo. Porém, no preço, a diferença é um tanto quanto gritante. Recém-lançado, o S5 custa R$ 2.599. Com sua chegada, o valor do S4 caiu vertiginosamente, e hoje custa cerca de R$ 1.495.

Conclusão: S4
Se você quer o modelo mais atual, obviamente, escolha o S5. Porém, se quiser comprar um aparelho eficiente e com preço muito mais baixo, vá de S4. Ele é um pouco menos avançado do que o seu sucessor, em termos de hardware, porém, não tanto – e o seu valor é bem inferior.
Eles têm a mesma memória RAM, mesmo espaço para arquivos, praticamente a mesma tela e sistemas operacionais iguais. O S4 ainda é mais compacto e possui preço de R$ 1 mil a menos. Sendo assim, o seu custo-benefício parece o mais indicado no comparativo. Ainda vale a pena comprar o aparelho, mesmo ele sendo mais antigo.

Fonte: Tech tudo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta