Hackers usam Find My iPhone para 'sequestrar' Macs, iPhones e iPads

Usuários de iPhones, iPads e Macs têm sido surpreendidos, nesta terça-feira (27), com uma mensagem informando que os seus dispositivos foram sequestrados. O hacker, que se denomina Oleg Pliss, exige que uma quantia seja depositada via PayPal para que a conta do iCloud do usuário seja devolvida.




Por enquanto, os usuários atacados no iOS e no Mac OS X são da Austrália. O hacker consegue comprometer a conta do iCloud dos alvos e quando tem acesso ao serviço da Apple, ele faz uso da ferramenta "Find My iPhone", originalmente desenvolvida para permitir que os usuários encontrem dispositivos perdidos e efetuem o bloqueio, caso necessário, para encontrá-los. 
Ainda não está claro como o hacker está tendo acesso à Apple ID dos usuários, mas uma das possibilidades é de que o usuário utiliza a mesma senha em vários serviços, que podem ter sido violados recentemente. Outra possibilidade é por meio do uso de mensagens de e-mail fraudulentas (phishing) solicitando os dados da conta para atualização de serviços utilizados por ele online.

De acordo com relatos dos usuários da comunidade de suporte da Apple, os valores dos resgates variam entre US$ 50 e US$ 100 (aproximadamente R$ 110 e R$ 220, respectivamente) e o pagamento deve ser feito por meio de um depósito no PayPal. Contudo, proprietários de equipamentos com o desbloqueio via código ativado ou que contam com o Touch ID relatam que conseguiram desbloquear os aparelhos sem ceder às exigências do sequestrador.
Apesar da Apple ainda não ter se pronunciado sobre o problema, os usuários podem tomar medidas preventivas até que se tenha certeza de que não há uma falha de segurança no iCloud. Entre as medidas, estão alterar a senha da Apple ID e ativar a verificação em duas etapas, que dificulta o acesso por pessoas não autorizadas.
Fonte: Tech tudo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta