Timberman, o "novo Flappy Bird", é simples, viciante e gratuito

Um jogo lançado em maio para Android e iOS já registra 500 mil downloads na loja do Google e assumiu a liderança entre os aplicativos mais baixados na App Store em oito países, segundo o site App Annie. Trata-se de Timberman, cujo sucesso repentino tem motivado comparações com outro fenômeno, Flappy Bird. Na análise abaixo você entende por quê.







Jogabilidade

Enquanto FlappyBird tem apenas um comando (tocar a tela), Timberman requer que o jogador esteja sempre com as duas mãos no smartphone, clicando em lados diferentes da tela para cortar um pedaço do tronco da árvore. Cada corte faz com que desçam galhos da árvore que o jogador deve evitar. Cortar o tronco do lado errado fará com que um galho caia sobre sua cabeça, acabando com o jogo.

Não há, aparentemente, urgência como em Flappy Bird, onde deixar de clicar fará com que o pássaro dê com a cara no chão. Para resolver isso, há uma barra vermelha de tempo, que se esvazia com o tempo e se enche muito suavemente com cada pedaço de tronco cortado, fazendo com que o jogador possa perder por um corte errado ou por ser lento demais.

Gráficos

Feito em pixel art, o jogo pode desagradar quem está acostumado com os jogos de maior resolução, como Angry Birds, Candy Crush, entre outros, mas tem seu charme. O personagem inicial é um típico lenhador com roupa xadrez e um capuz azul, mas dezenas de outros podem ser destravados, incluindo Indiana Jones, Mr. T e até o presidente Obama.

Preço

Embora o jogo seja gratuito, as propagandas são incômodas e preenchem a tela após 3 ou 4 tentativas. Por US$ 0,99 (R$ 2,40), é possível removê-las; com mais US$ 0,99 (R$ 2,40) , dá para destravar todos os personagens de uma só vez. 

Resumindo: Timberman é um jogo simples e divertido que não muda a vida de ninguém, mas gera competições divertidas entre amigos tentando conseguir a maior pontuação.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta