Fim de uma era: PCs com Windows 7 deixam de ser produzidos nesta semana



Neste ano, o Halloween será mais assustador do que o normal para os donos de PCs. Isso porque nesta sexta-feira, 31/10, a Microsoft vai parar de vender licenças do Windows 7 para as fabricantes de computadores, de acordo com o documento de ciclo de produção da empresa.

Depois de sexta, será tudo sobre Windows 8.1 – pelo menos no mercado dos consumidores finais.

Os PCs com Windows 7 Professional vão continuar sendo produzidos para empresas, assim como para qualquer outra pessoa disposta a pagar um valor premium pela versão deluxe do Windows 7. Mas as fabricantes parceiras da Microsoft não terão mais acesso às licenças do Windows 7 Home Basic, Home Premium ou Ultimate na próxima semana.

Por que isso importa?

Com sua grande ênfase na tela Início, na interação por toque e na nova e Modern UI, muitos usuários das antigas de desktop – sem mencionar os departamentos de TI – estavam relutando em mudar para o Windows 8.1.

Até então, o Windows 7 era o caminho de saída para qualquer um precisando de um PC sem o Windows 8. Mas essa saída fácil pode desaparecer em breve. 

E não é nenhuma coincidência o fato de a Microsoft ter revelado o Windows 10, mais amigável ao desktop, apenas algumas semanas antes da “morte” do Windows 7 no varejo.

Windows 7 nas empresas

A Microsoft ainda não tem uma data para acabar com o Windows 7 Professional e é improvável que faça mudanças nessa posição antes do lançamento do Windows 10.

Fonte: IDG now

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta