Microsoft corrige falha grave que afeta versões do Windows há 19 anos


A Microsoft liberou correções para uma falha de segurança que atinge todos os Windows desde a versão Windows 95. A falha foi descoberta por pesquisadores de segurança da IBM, em maio e avisada a desenvolvedora de softwares de forma sigilosa. Porém, só agora a Microsoft confirmou a existência do bug e a correção para ele.




O defeito, que persiste em todas as versões do Windows dos últimos 19 anos, permite que um invasor tome controle do computador do usuário e consegue que, remotamente, um código seja executado na máquina. Esse código entra no sistema através de uma brecha, que faz com que o Internet Explorer acesse uma URL específica e faça o download do conteúdo.

O pesquisador Robert Freeman, em entrevista ao site norte-americano The Verge, explicou que essa falha permaneceu à vista, todos esses anos, numa série de bibliotecas do Windows que sofreram remodelações e várias correções de brechas de segurança semelhantes.

A Microsoft já liberou patches, via Windows Update, para as versões 8.1, 7 e Vista do Windows, bem como para a série de versões do sistema aplicadas em servidores. O Windows XP, bem como versões mais antigas como Millenium e 98, também são afetados pela falha, mas como não são mais suportados em caráter oficial pela Microsoft, ficarão sem correção.

Não há relatos consistentes de que a falha tenha se tornado popular e causado danos entre os usuários do Windows. Contudo, dada a gravidade da brecha, é bom prevenir riscos: se você usa qualquer versão do Windows a partir do Vista, vale a pena checar se o Windows Update já atualizou o seu sistema.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta