Drone que faz selfies e se conecta com celulares é sucesso no Kickstarter

Um projeto de que busca financiamento no Kickstarter está fazendo o maior sucesso. É o Zano, drone super pequeno que filma e faz fotos bem bacanas. A portabilidade, visual simpático, funções diversas e preço relativamente acessível (se comparado a maioria dos drones) parecem agradar. Há 37 dias do fim do financiamento o projeto já conseguiu quase três vezes a sua meta.






O drone mede 6,5×6,5 cm e pesa 55g, cabe em uma mão. Ele é equipado com uma câmera de 5 megapixels HD capaz de fazer fotos e vídeos que são transmitidos para o smartphone do usuário via Wi-Fi. No momento, a resolução máxima permitida é de 720p, devido à limitações na velocidade de transmissão, mas o equipamento suporta qualidades e até 1080p.

Um dos problemas da maioria das aeronaves é a grande chance de as imagens saírem tremidas, mas o Zano sanou este problema integrando vários sensores de voo que cumprem diversas funções, como manter o drone estável no ar. Ele também conta com GPS integrado, infravermelho para detectar e desviar de objetos e sensores de pressão do ar para controlar a altitude.

A bateria tem carga que dura entre 10 e 15 minutos de uso, sendo que a maior parte da energia é drenada pelos motores. O Zano é programado para localizar o usuário e voltar para ele em caso de emergências, como sinal ou bateria fracos.

Com o sucesso do projeto, os criadores já trabalham em novos recursos para o drone, como reconhecimento facial e a possibilidade de controlar vários dispositivos com o mesmo smartphone. Estas funções poderão ser compradas através de aplicativos.

O preço final do Zano é de £139 (aproximadamente R$ 560 em conversão direta). Para entregas no Brasil é preciso pagar mais £10 (R$ 40). A estimativa é que o produto seja entregue a partir de junho de 2015.

Confira vídeo do Zano em ação:



Fonte: Kickstarter e TechCrunch

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta