Novo Walkman custa US$ 1,2 mil e promete som de alta resolução



A Sony revelou na feira CES 2015, em Las Vegas (EUA), o ZX2, próximo herdeiro da famosa linha de tocadores de música Walkman.

O novo modelo, no entanto, está bem distante do aparelhinho visto nos bolsos dos jovens nas últimas três décadas. Com a promessa de entregar som de alta resolução para audiófilos, o ZX2 irá custar US$ 1,2 mil (cerca de R$ 3,2 mil) quando chegar às lojas dos Estados Unidos no segundo trimestre de 2015.





De acordo com a Sony, o ZX2 é capaz de "reproduzir gravações com qualidade de estúdio". Para isso, ele oferece compatibilidade com formatos "lossless", ou seja, que não tem perda de dados na codificação para o digital. FLAC e Apple Lossless estão entre os compatíveis.

Para os outros formatos, como os populares MP3, WMA e AAC, o ZX2 conta com um tipo de amplificador digital e um processador próprio, que promete elevar a qualidade desse tipo de música.

O novo Walkman roda uma versão adaptada do sistema operacional Android 4.2, o Jelly Bean, lançado pelo Google em 2012. Por isso, é possível baixar por conexão Wi-Fi qualquer aplicativo que ainda seja compatível.

O ZX2 vem com 128 GB de memória interna, um slot microSD caso o usuário queira expandir essa capacidade de armazenamento, e compatibilidade com diversos formatos de músicas: os populares MP3, WMA, AAC e os pesados (e com alta fidelidade sonora) FLAC, WAV e Apple Lossless.

O tocador também conta com tecnologias bluetooth e NFC para reproduzir canções por streaming e se conectar a alto-falantes e fones de ouvido. De acordo com a Sony, a bateria do novo Walkman dura até 60 horas de reprodução. O acabamento do tocador é todo preto, em alumínio, com um fundo de couro. O ZX 2 também vem com controles de reprodução em sua lateral.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta