bannerrootday

Novo Walkman custa US$ 1,2 mil e promete som de alta resolução



A Sony revelou na feira CES 2015, em Las Vegas (EUA), o ZX2, próximo herdeiro da famosa linha de tocadores de música Walkman.

O novo modelo, no entanto, está bem distante do aparelhinho visto nos bolsos dos jovens nas últimas três décadas. Com a promessa de entregar som de alta resolução para audiófilos, o ZX2 irá custar US$ 1,2 mil (cerca de R$ 3,2 mil) quando chegar às lojas dos Estados Unidos no segundo trimestre de 2015.





De acordo com a Sony, o ZX2 é capaz de "reproduzir gravações com qualidade de estúdio". Para isso, ele oferece compatibilidade com formatos "lossless", ou seja, que não tem perda de dados na codificação para o digital. FLAC e Apple Lossless estão entre os compatíveis.

Para os outros formatos, como os populares MP3, WMA e AAC, o ZX2 conta com um tipo de amplificador digital e um processador próprio, que promete elevar a qualidade desse tipo de música.

O novo Walkman roda uma versão adaptada do sistema operacional Android 4.2, o Jelly Bean, lançado pelo Google em 2012. Por isso, é possível baixar por conexão Wi-Fi qualquer aplicativo que ainda seja compatível.

O ZX2 vem com 128 GB de memória interna, um slot microSD caso o usuário queira expandir essa capacidade de armazenamento, e compatibilidade com diversos formatos de músicas: os populares MP3, WMA, AAC e os pesados (e com alta fidelidade sonora) FLAC, WAV e Apple Lossless.

O tocador também conta com tecnologias bluetooth e NFC para reproduzir canções por streaming e se conectar a alto-falantes e fones de ouvido. De acordo com a Sony, a bateria do novo Walkman dura até 60 horas de reprodução. O acabamento do tocador é todo preto, em alumínio, com um fundo de couro. O ZX 2 também vem com controles de reprodução em sua lateral.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cuidado com as redes gratuitas nos Jogos Olímpicos de 2016

CANAL NO TELEGRAM

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018