Vendas de PCs no mundo devem continuar em queda até 2017

Parece que o lançamento do Windows 10 não foi o bastante para recuperar o mercado mundial de PCs. De acordo com um relatório divulgado nesta quarta-feira, 23, pela empresa de pesquisa Gartner, as vendas de computadores desktop devem continuar em queda até 2017.





Segundo as previsões da empresa, o mercado deve sofrer uma queda de 7,3% em vendas este ano - o que significa 291 milhões de unidades de PCs a menos do que no ano passado. Para 2016, a Gartner prevê que esse número se mantenha estagnado.

Uma melhora no cenário só deve vir em 2017, com um aumento de 4% nas vendas e PCs ao redor do mundo. De acordo com Ranjit Atwal, diretor de pesquisa da Gartner, o crescimento virá com a adoção do Windows 10 pelos clientes corporativos, o que, em média, tende a demorar um pouco mais em relação ao consumidor final.

O motivo para a queda no mercado de PCs, segundo Atwal, é que o consumidor não tem sido incentivado a comprar novas máquinas. "Os usuários estão extendendo a vida útil de seus dispositivos, ou optando por não substituí-los em definitivo", disse.

Enquanto isso, a previsão para o mercado de telefonia móvel é otimista. A Gartner calcula que o número de vendas de celulares no mundo aumente de 1,9 bilhão em 2015 para 2 bilhões em 2017.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta