Facebook vai avisar usuário que for espionado por governos



O Facebook divulgou nessa segunda-feira (19/10) que irá avisar os usuários que forem ou estiverem sendo espionados por governos. Alex Stamos, chefe de segurança do Facebook, explicou que a rede social irá notificar o usuário cuja conta for alvo de ação de algum estado-nação.

No post, o Facebook afirma que sempre toma medidas para proteger seus usuários, mas que como esse tipo de ataque tende a ser mais avançado e perigoso do que outros, a rede social achou melhor criar uma forma de avisar o usuário. 

Dessa forma, o site incentiva que as pessoas afetadas tomem as medidas necessárias para garantir a segurança de todas as suas contas online.

O executivo ainda deixou claro que o aviso também poderá significar que o computador ou dispositivo móvel do usuário foi infectado por malware. Se a ameaça estatal de fato não se confirmar, o usuário deverá buscar uma forma de limpar ou trocar seu dispositivo móvel ou computador.

Como não será capaz de explicar seus métodos e processos de reconhecimento de invasões provenientes de governos, pois isso tornaria falho seu sistema, o Facebook se comprometeu a adotar critérios bastante rígidos.

"Planejamos usar esse aviso apenas em situações em que a evidência apoiar fortemente nossa conclusão". Por fim, Stamos escreveu: "esperamos que esses avisos ajudem àquelas pessoas que necessitam de proteção, e vamos continuar a melhorar nossa capacidade de prevenir e detectar ataques de todos os tipos contra as pessoas do Facebook".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta