bannerrootday

Pesquisa confirma: Internet lenta aumenta o nível de stress; entenda



Pesquisadores da Ericsson confirmaram o que todos já sentem: conexões lentas de Internet aumentam o nível de stress. A empresa sueca fez um levantamento, publicado sob o título “O Stress dos Atrasos em Streamings”, em que analisou reações de 30 pessoas para identificar sentimentos como frustração e irritabilidade. Esperar mais tempo para carregar um conteúdo acaba com o humor dos internautas. Os pesquisadores mediram as atividades de cérebro, pulso e coração de cada usuário, enquanto realizavam tarefas na Internet e pelo celular.

As demoras em carregamento de vídeos, por exemplo, aumentaram a taxa de batimentos cardíacos em 38%. Em um período de 2 segundos de buffering, os níveis de stress podem dobrar. Um tempo maior, de 6 segundos, a irritação muda. Depois da alta, o nível de stress cai e torna-se uma conformidade, identificada até mesmo nos movimentos corporais, como as viradas de olhos, por exemplo.

Segundo os pesquisadores, o stress que temos com um carregamento lento de conteúdo na Internet é comparável ao de ver um filme de terror ou solucionar um problema matemático. O que pode ser até uma informação preocupante, já que fazer o corpo passar por isso muito tempo não é recomendável.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cuidado com as redes gratuitas nos Jogos Olímpicos de 2016

CANAL NO TELEGRAM

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018