bannerrootday

Pirataria de softwares diminui no Brasil



A pirataria no Brasil vem mostrando queda nos números há mais de sete anos, e o país já é o latino-americano com o menor índice em 2015. Porém, os softwares sem licença ainda são quase metade dos instalados: 47%. O número ainda está bem acima da média mundial, de 39%. É o que aponta a BSA, empresa que cuida dos direitos autorais de desenvolvedoras como Microsoft, Autodesk e Adobe, que realizou um estudo sobre a taxa de softwares sem licença em diversos países do mundo, incluindo 20 mil usuários domésticos e corporativos.


Segundo o estudo, o Brasil vem mostrando declínio na pirataria desde 2009, pelo menos, quando tinha 56% dos softwares instalados de maneira ilegal. Dois anos depois, o número caiu para 53% e, em 2013, era de 50%. Os programas sem licenciamento no país representam perdas de US$ 1,8 bilhão para os desenvolvedores. A média mundial também vem apresentando queda, sendo que era de 43% em 2013. Brasil e México contribuíram no declínio, que também foi de quatro pontos percentuais na América Latina.

Curiosamente, apesar de a América do Norte possuir o menor percentual de pirataria, os softwares não licenciados na região somam um valor muito maior até do que da América Latina. A pirataria nos Estados Unidos e Canadá representa uma perda de US$ 10 bilhões às empresas, enquanto na América Latina é de US$ 5,8 bilhões.

Campanhas de conscientização, crescimento da cultura de gestão de ativos de software pelas empresas e o crescimento da venda de softwares por assinatura são as razões apontadas pela BSA para a queda no percentual de pirataria ao redor do mundo.


Países que mais pirateiam softwares

  1. Zimbábue (90%)
  2. Líbia (90%)
  3. Venezuela (88%)
  4. Bangladesh (86%)
  5. Armênia (86%)
  6. Moldávia (86%)
  7. Iraque (85%)
  8. Belarus (85%)
  9. Indonésia (84%)
  10. Paquistão (84%)

Países que menos pirateiam softwares

  1. Estados Unidos (17%)
  2. Nova Zelândia (18%)
  3. Japão (18%)
  4. Austrália (20%)
  5. Áustria (21%)
  6. Suécia (21%)
  7. Dinamarca (22%)
  8. Alemanha (22%)
  9. Reino Unido (22%)
  10. Noruega (23%)
Fonte: BSA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aprenda mais sobre segurança da Informação no evento Worksec

CANAL NO TELEGRAM

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018