Pirataria de softwares diminui no Brasil



A pirataria no Brasil vem mostrando queda nos números há mais de sete anos, e o país já é o latino-americano com o menor índice em 2015. Porém, os softwares sem licença ainda são quase metade dos instalados: 47%. O número ainda está bem acima da média mundial, de 39%. É o que aponta a BSA, empresa que cuida dos direitos autorais de desenvolvedoras como Microsoft, Autodesk e Adobe, que realizou um estudo sobre a taxa de softwares sem licença em diversos países do mundo, incluindo 20 mil usuários domésticos e corporativos.


Segundo o estudo, o Brasil vem mostrando declínio na pirataria desde 2009, pelo menos, quando tinha 56% dos softwares instalados de maneira ilegal. Dois anos depois, o número caiu para 53% e, em 2013, era de 50%. Os programas sem licenciamento no país representam perdas de US$ 1,8 bilhão para os desenvolvedores. A média mundial também vem apresentando queda, sendo que era de 43% em 2013. Brasil e México contribuíram no declínio, que também foi de quatro pontos percentuais na América Latina.

Curiosamente, apesar de a América do Norte possuir o menor percentual de pirataria, os softwares não licenciados na região somam um valor muito maior até do que da América Latina. A pirataria nos Estados Unidos e Canadá representa uma perda de US$ 10 bilhões às empresas, enquanto na América Latina é de US$ 5,8 bilhões.

Campanhas de conscientização, crescimento da cultura de gestão de ativos de software pelas empresas e o crescimento da venda de softwares por assinatura são as razões apontadas pela BSA para a queda no percentual de pirataria ao redor do mundo.


Países que mais pirateiam softwares

  1. Zimbábue (90%)
  2. Líbia (90%)
  3. Venezuela (88%)
  4. Bangladesh (86%)
  5. Armênia (86%)
  6. Moldávia (86%)
  7. Iraque (85%)
  8. Belarus (85%)
  9. Indonésia (84%)
  10. Paquistão (84%)

Países que menos pirateiam softwares

  1. Estados Unidos (17%)
  2. Nova Zelândia (18%)
  3. Japão (18%)
  4. Austrália (20%)
  5. Áustria (21%)
  6. Suécia (21%)
  7. Dinamarca (22%)
  8. Alemanha (22%)
  9. Reino Unido (22%)
  10. Noruega (23%)
Fonte: BSA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta