Twitter pode tirar URL da contagem de 140 caracteres e 'aumentar posts'



O Twitter está pensando em fazer com que os links compartilhados em tuítes não sejam mais incluídos no limite de 140 caracteres, na tentativa de criar mais espaço útil para que seus usuários possam se comunicar. A mudança ainda é um rumor, estaria planejada para ocorrer nas próximas duas semanas, mas não foi confirmada pelo microblog. Caso seja implementada, pode significar até 16% de caracteres extras para a composição de posts na rede social.

O sistema atual usado pela rede social faz com que qualquer link seja encurtado automaticamente e ocupe, no máximo, 23 caracteres. Quando as URLs são muito extensas, a plataforma as encurta para que ocupem o menor espaço possível, deixando o resto livre para comentários do autor.

A ideia do novo funcionamento da plataforma vai ao encontro do objetivo da rede social de criar novas formas para que os usuários possam usar o Twitter para compartilhar seus pensamentos sem enviar seus seguidores para outros sites. O que acaba, a longo prazo, afetando a receita do microblog.

Uma das alternativas exploradas foi aumentar o limite de um tuíte para até 10 mil caracteres, como já é possível fazer em mensagens diretas, mas a ideia foi afastada por que contrastava com a natureza do Twitter de ser uma rede social concisa.Foram realizados diversos experimentos para aumentar os textos compartilhados na plataforma mas nenhuma medida foi adotada. Algumas das soluções encontradas pelos usuários incluem postar textos longos em forma de imagens ou usar uma série de tuítes contendo fragmentos de um texto.

O limite de 140 caracteres foi adotado na criação do microblog para permitir que as pessoas postassem conteúdo através de mensagens SMS antes da popularização da Internet em smartphones.

Isto dava à plataforma a possibilidade de servir como fonte de notícias em tempo real, o que não acontecia com rivais. O Facebook, na época, dependia de desktops para ser atualizado com novos posts.

Fonte: Techtudo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta