Cuidado com as redes gratuitas nos Jogos Olímpicos de 2016

Segundo estudo realizado pela Kaspersky, uma em cada quatro redes wireless, nos locais onde serão realizados os jogos olímpicos, é considerada insegura. A Kaspersky fez um estudo no Comitê Olímpico Brasileiro, no Parque Olímpico e nos estádios Maracanã, Maracanãzinho e Engenhão, mapeando as redes Wi-Fi disponíveis.
A empresa russa encontrou 4.500 pontos de acesso nas regiões citadas anteriormente utilizando um software de reconhecimento. Maior parte destes pontos utiliza hardware 02.11n, considerado moderno, pois suporta velocidades superiores a 600 MBPS, ideal para recursos multimídia.
Porém quando o assunto é segurança, o estudo revelou que os pontos possuem vulnerabilidades que podem ser exploradas por cibercriminosos. Segundo o estudo, cerca de 18% das redes são abertas, o que signifca que um hacker pode intereceptar os dados, já que não existe uma chave de criptografia para proteger a rede. Além disso, cerca de 7% das redes possui criptografia WPA-Personal, considerada insegura pois pode ser quebrada sem muito esforço.
Fabio Assolin, analista sênior de segurança da empresa no Brasil, alerta que "Isso é especialmente ruim, pois os usuários conectados a essas redes podem acreditar que estão protegidos, quando na realidade a rede pode ser comprometida e o criminoso pode fazer diferentes tipos de ataques para manipular o tráfego e os dados do usuário conectado a ela".
Segundo Assolin, é possível ainda utilizar essas redes e manter-se seguro. Para isso, segundo ele, o usuário deve fazer uso de uma conexão virtual privada, conhecida como VPN. "Recomendamos usar esta tecnologia independentemente da conexão de internet que você esteja usando durante uma viagem", orienta o especialista, que diz que o recurso viabilizará a criptografia do tráfego do dispositivo. "
Sendo assim, fica o alerta à todos que irão acompanhar os jogos diretamente nos locais de competição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta