Xiaomi anuncia notebook 'inspirado' no MacBook Pro e com Core i7


Após sucessivos rumores sobre o lançamento de um notebook da Xiaomi, o atual presidente da companhia, Lei Jun, confirmou em uma postagem na rede social chinesa Weibo, nesta sexta-feira (1), que o produto está realmente sendo produzido.

Logo depois, uma pessoa não identificada vazou a imagem, na mesma rede social, que pode ser a versão final do referido computador, que tem a aparência muito parecida com o MacBook Pro, inclusive com o mesmo tom de cor prateado.



Embora a foto mostre um notebook com acabamento em prata, não é possível afirmar se ele terá o corpo único feito de alumínio, assim como o dispositivo da Apple. Não podemos afirmar que o símbolo da empresa, representado pelo “Mi”, também acende como a maçã dos MacBook.

Nenhuma informação concreta sobre o hardware foi confirmada até agora, mas rumores veiculados por diversos sites especializados indicam que o notebook poderá ter processador Intel Core i7 de quarta geração, chip gráfico NVIDIA GeForce GTX 760M e 8 GB de RAM DDR4.

Outra especulação trazida pelo site chinês My Drivers indica que o aparelho pode ser vendido com duas opções de tela, uma de 12,5 polegadas e outra de 13,3 polegadas. Aliás, essas especificações também se assemelham muito com a do MacBook Pro atual, encontrado no Brasil. Essa fonte também afirma que o device poderá vir com Windows 10 instalado, em uma possível parceria com a Microsoft.

A Xiaomi é mais conhecida no Brasil pelos seus smartphones de baixo custo, como o Redmi 2 Pro, por exemplo. Mas a fabricante chinesa também se envolve na produção de tablets, wearables e até mesmo action camera com suporte a 4K para concorrer com a GoPro. Como a empresa desistiu do país, dificilmente o notebook da marca chegará oficialmente por aqui. Não há nenhuma previsão de lançamento ou preço.


Via Android Headlines e My Drivers

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta