Mais privacidade: iOS 9.3.5 fecha brechas usadas por agências para espionagem



A Apple liberou mais uma atualização para o iOS 9, levando a versão 9.3.5 para vários iPhone, iPod Touch e iPad ao redor do mundo; essa atualização foi bem mais útil do que parece, afinal de contas, ela conseguiu fechar três grandes vulnerabilidades utilizadas por agências governamentais para espionar as pessoas, especialmente jornalistas e criminosos.

As brechas foram descobertas pela firma israelita “NSO Group”, especializada na venda de software que permite o monitoramento e espionagem de smartphones. O grupo teria acesso a um software capaz de interceptar mensagens de texto, emails, ligações e contatos, bem como gravar chamadas de voz, salvar senhas e até rastrear a localização do usuário. Um porta voz da empresa afirmou:

As informações só são vendidas para agências governamentais autorizadas e estão totalmente em conformidade com as rígidas leis e regulamentos do controle de exportação.

As vulnerabilidades foram descobertas graças ao ativista de diretos humanos da “UAE” Ahmed Mansoor, que após receber algumas mensagens de texto suspeitas, resolveu compartilha-las com o “Citizen Lab“, que informou à “Lookout”, que por sua vez, acabou delatando-as para a Apple.

Vale ressaltar que elas foram fechadas em apenas 10 dias após serem noticiadas para a gigante de Cupertino.

Já atualizou seu iDevice? Lembramos que essa versão, apesar de mais segura, ainda não possui um Jailbreak funcional, e que atualmente é impossível fazer downgrade para o iOS 9.3.3 ou 9.3.2 (versões compatíveis com a solução da PanGU).

Fonte: Tudo celular

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta