Rússia multa Google em US$ 6,75 milhões por apps pré-instalados no Android




A FSA, autoridade reguladora de mercado russa, multou o Google em US$ 6,75 milhões por práticas anticompetitivas. O motivo da multa foi o fato de a empresa pré-instalar seus aplicativos em smartphones com sistema operacional Android, o que, segundo a FSA, lhe dá uma vantagem competitiva injusta.

O processo contra o Google na Russia foi aberto pela Yandex, uma empresa de buscas do país. De acordo com o The Verge, a Yandex já domina cerca de 60% do mercado de buscas na Russia. Ainda assim, ela se preocupa com a possibilidade de que a pré-instalação dos apps do Google em smartphones Android lhe deixe em desvantagem entre os usuários de dispositivos móveis.


Pode piorar muito

Conforme o Recode aponta, o valor da multa é menor do que o Google ganha em uma hora, em média. Esse valor, porém, não é o aspecto central da condenação. Em outros países da Europa, o Google também enfrenta denúncias semelhantes de práticas anticompetitivas pelo mesmo motivo. A decisão da autoridade russa pode acabar embasando outras decisões semelhantes.

Uma investigação antitruste realizada pela União Europeia está analisando se a pré-instalação de apps do Google em smartphones Android constitui prática anticompetitiva. Caso a investigação considere que sim, a empresa pode ter que enfrentar uma multa de até US$ 7,5 bilhões.

Paralelamente, a empresa ainda pode ter que pagar uma multa de US$ 3,39 bilhões por promover os seus próprios resultados de pesquisa de compras sobre o de outros serviços concorrentes. Na França, além disso, o Google já foi multado por violações no "direito ao esquecimento", que colocou a empresa em um impasse naquele mercado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta