Samsung suspende venda de smartphone com problema na bateria





Após relatos de problemas com a bateria do Galaxy Note 7, a Samsung informou hoje que irá substituir as unidades já vendidas do smartphone. A comecialização do produto está suspensa no momento.

No mundo, foram 35 casos reportados de problemas na bateria. Reportagens internacionais relacionam o fato com histórias de usuários que dizem ter usado cabos USB não oficiais que fizeram o aparelho explodir.

A Samsung garante que irá "voluntariamente" substituir os Galaxies Note 7 já vendidos.


"Reconhecemos a inconveniência que isso pode causar ao mercado, mas essa medida é para garantir que a Samsung continue a entregar produtos de alta qualidade aos nossos consumidores", escreveu a marca em site oficial de imprensa.

O Galaxy Note 7 começaria a ser vendido no Brasil em 23 de setembro deste ano. Porém, a empresa optou por adiar o início das vendas no mercado nacional e não informou uma nova data.

Confira abaixo, na íntegra, o posicionamento oficial da Samsung Brasil sobre o caso do problema encontrado no Galaxy Note 7:

"A Samsung tem o compromisso de produzir produtos de alta qualidade e, por isso, levamos cada relatório de incidente de nossos clientes muito a sério. Em resposta a casos relatados recentemente do Galaxy Note7, realizamos uma investigação minuciosa e encontramos uma questão referente à bateria. 

Até o dia 1º de Setembro ocorreram 35 casos que foram relatados globalmente e estamos atualmente realizando uma inspeção completa com os nossos fornecedores para identificar possíveis baterias afetadas no mercado onde os produtos já foram vendidos. 

No entanto, como a segurança dos nossos clientes é uma prioridade absoluta para a Samsung, interrompemos as vendas do Galaxy Note7 nos países onde o produto já estava sendo comercializado. Para os clientes desses mercados que já têm um Galaxy Note7, a Samsung voluntariamente substituirá o aparelho atual por um novo nas próximas semanas. Estamos trabalhando em conjunto com os nossos parceiros para garantir que a experiência de substituição seja a mais conveniente e eficiente possível. 

A Samsung destaca que o produto ainda não foi comercializado no Brasil e seu lançamento no país será adiado. Esse processo visa garantir que a Samsung continuará a fornecer produtos da mais alta qualidade aos nossos clientes. Para mais informações a respeito do caso, por favor, entre em contato com nossa equipe de atendimento ao consumidor pelo telefone: 4004-0000 (capitais) e 0800-124-421 (demais cidades)."

Fonte: Exame

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta