Huawei e Google criam nova placa Android no estilo da Raspberry Pi



Prepare-se para rodar Android em velocidades altíssimas em uma nova placa computacional no estilo da Raspberry Pi desenvolvida pela Huawei.

Chamada de HiKey 960, a placa da Huawei custa 239 dólares, bem mais do que a Raspberry Pi, com preços a partir de 30 dólares, mas traz algumas das mais avançadas GPU e CPU do mercado.



Não por acaso, Google, ARM, Huawei, Archermind e LeMaker trabalharam em conjunto no desenvolvimento da nova placa.

A HiKey 960 é feita para ser um PC Android portátil ou uma ferramenta para desenvolver software e drivers para o sistema. A placa de desenvolvimento foi apoiada pela Linaro, uma organização que desenvolve pacotes de software para o Android e para a arquitetura ARM.

O CEO da Linaro, George Grey, afirmou recentemente que era triste o fato dos desenvolvedores precisarem escrever código em chips x86. Ele encorajou os membros da organização a criarem um computador superrápido para que os desenvolvedores possam construir software ARM em arquitetura ARM. A Intel diminuiu o suporte do Android em PCs x86 e não fabrica mais chips para smartphones.

A nova HiKey 960 pode ser usada para criar robôs, drones e outros aparelhos inteligentes. Mas é especialmente voltada para ser um PC Android ou uma ferramenta para desenvolvedores que queiram escrever e testar aplicativos.

A placa pode entregar desempenho parecido ao dos smartphones e tablets mais recentes do mercado. Para isso, conta com um chip Huawei Kirin 960 octa-core, que possui quatro núcleos ARM Cortex-A73 de alta performance e quatro núcleos Cortex-A53 de baixo consumo. O Kirin 960 também é usado no smartphone Huawei Mate 9, lançado no fim de 2016.

O HiKey 960 possui 32GB de armazenamento e 3GB de LPDDR4 RAM. A GPU Mali-G71 é capaz de entregar gráficos 4K e é baseada na mais recente arquitetura Bitfrost, da ARM. No entanto, a placa terá apenas uma conexão HDMI 1.2, que é uma saída para tela 1080p.

Outros recursos incluem Wi-Fi 802.11 b/g/n/ac e Bluetooth 4.1. A HiKey traz ainda uma entrada PCIe m.2 para adicionar armazenamento extra ou funcionalidades wireless.

Inicialmente, a placa será lançada nos EUA, Europa e Japão neste início de maio. Um lançamento global está programado para os próximos meses.

A nova placa também terá suporte para diferentes versões do Linux no futuro. É possível rodar o Android 7.1 no aparelho, mas é preciso ter conhecimento técnico para isso.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta