Criadores do ProtonMail lançam VPN gratuito e criptografado



O ProtonMail, serviço de e-mail criptografado “à prova de NSA”, lançou oficialmente nesta terça-feira (20) o seu serviço de VPN. Também protegido por criptografia, o ProtonVPN chama a atenção por ser gratuito, não limitar o consumo de dados e proteger a privacidade dos usuários.

Ele foi criado pelos mesmos pesquisadores do MIT e da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) que fizeram o ProtonMail. Segundo os fundadores, o ProtonVPN foi criado para proteger ativistas e jornalistas que precisam de uma conexão segura para navegar na web sem serem rastreados ou censurados.

“A importância de usar um VPN para ter mais segurança e privacidade online cresce a cada dia”, diz o anúncio do ProtonVPN. Como justificativa, eles mencionam as recentes tentativas de acabar com a neutralidade da rede que vêm acontecendo nos Estados Unidos e movimentos de alguns países na Europa de aumentar a vigilância online.

O VPN tem seu datacenter baseado na Suíça, um país que não faz parte da União Europeia e tem uma regulamentação pesada em proteção de dados e privacidade. Com forte segurança, o ProtonVPN não salva logs de conexão, tem proteção contra vazamento de DNS, suporta o Tor e tem um kill switch capaz de bloquear todas as conexões no seu computador se o VPN for desconectado involuntariamente.

Apesar de ter uma modalidade grátis, o ProtonVPN faz comprometimentos em prol dos planos pagos. Com uma conta gratuita, você tem direito a usar o VPN de até três países em um dispositivo e tem velocidade de conexão limitada. No plano básico, por US$ 48 ao ano, você tem acesso a todos os 14 países, uso em dois dispositivos e maior velocidade de conexão. Veja mais planos aqui.

Por meio do serviço gratuito, o ProtonVPN pretende captar usuários que podem fazer upgrade para contas pagas em algum momento. “Diferente de empresas como o Google e Facebook que abusam da privacidade dos usuários para vender anúncios”, nas palavras deles, os serviços gratuitos de e-mail e VPN criptografados que oferecidos por eles dependem da contribuição dos usuários para cobrir os gastos.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta