Polícia prende quadrilha que usava drone em assaltos a residências em SP



O Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo, o Deic, revelou nesta semana que prendeu uma quadrilha que usava tecnologia para praticar crimes. O grupo se aproveitava de um drone para assaltar residências na capital paulista.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o delegado que coordenou a prisão do grupo deu detalhes de como o drone era usado. A pequena aeronave manipulada por controle remoto sobrevoava as casas que eram alvo dos criminosos, mapeando e espionando os imóveis através de uma câmera.
Com base nas imagens coletadas pelo drone, a quadrilha então planejava os assaltos. O grupo é acusado de invadir, pelo menos, sete residências de luxo no bairro do Tatuapé, zona leste de São Paulo. A polícia vinha investigando o caso há dois meses. O modelo específico do equipamento não foi divulgado.

Não é a primeira vez que o uso de drones vira notícia em caso de polícia. Em março de 2016, cinco homens foram presos em Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo, acusados de fazer o mesmo: usar um drone para planejar assaltos a casas de classe alta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ransomware de origem russa Spora chega ao Brasil e causa estragos

Intel anuncia nova tecnologia de armazenamento

Nintendo Switch já está sendo vendido no Brasil e o preço assusta