bannerrootday

Novo software pode abrir as portas para a pirataria em massa do 4K




Uma empresa russa começou a vender uma ferramenta que, se realmente for capaz de realizar o que promete, pode significar um golpe duro para as empresas que vêm apostando no 4K como um formato imune a pirataria.

O 4K tem dois apelos, um para os consumidores e outro para a indústria. No primeiro caso, vende-se uma qualidade de imagem que não se compara ao HD convencional; no segundo, promete-se um formato praticamente inviolável. Como a questão da imagem é algo que se questiona desde a introdução dessa resolução, o apelo forte para a indústria talvez seja o anti-pirataria.

O "ultra-HD" é tão seguro porque conta com uma série de proteções, incluindo criptografia AACS 2. Por isso, embora a pirataria de filmes e séries nunca tenha sido tão abundante, poucos dos arquivos que aparecem online são em 4K, já que o trabalho de crack acaba sendo manual.

É justamente isso que pode mudar com a introdução do DeUHD. O software foi desenvolvido pela Arusoft, que garante: "É uma ferramenta para descriptografar o disco UHD", e a empresa russa dá como exemplo a remoção das proteções AACS 2.

"[O] DeUHD funciona no background para permitir automaticamente a leitura do conteúdo de um filme 4K UHD assim que ele é inserido no drive", explica a Arusoft. "Ele também permite extrair o disco para seu disco rígido como uma pasta ou arquivo ISO, e então você pode reproduzi-los no seu player UHD."

Uma fonte do TorrentFreak testou o software com um dos players indicados como suportados pela ferramenta (o LG BE16NU50) e diz que não deu certo. "Isso pode significar que ainda há alguns problemas a serem corrigidos", sugere o site.

Se tais questões forem ajustadas, pode ser que o DeUHD seja a primeira plataforma comercial capaz de automatizar a extração de conteúdo em 4K, o que abriria as portas para a pirataria em massa do formato. O software está à venda por € 199 (quase R$ 740), mas dá para experimentá-lo gratuitamente — a versão de teste, porém, só permite descriptografar cerca de 10 minutos de vídeo.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CANAL NO TELEGRAM

Aprenda mais sobre segurança da Informação no evento Worksec

SanDisk lança cartão microSD de 400 GB para celulares na MWC 2018