bannerrootday

Fundador da criptomoeda Ripple agora é um dos maiores bilionários do mundo



As criptomoedas foram um dos principais assuntos de 2017, mas ainda devem dar muito pano para manga em 2018. Uma demonstração do potencial foi dado pela Ripple, que viu seu valor disparar violentamente desde a metade de dezembro, tornando-se a segunda mais valiosa do mundo em capitalização de mercado, atrás apenas da bitcoin, e transformando seu fundador em um dos maiores bilionários do planeta.

A Ripple tem um propósito claro. Criada pela empresa de mesmo nome, a moeda foi criada para facilitar transferências internacionais de dinheiro. A ideia é agilizar um processo lento, realizando em segundos uma transação que poderia demorar dias. Recentemente, com a expectativa de começar a ser comercializado na Coinbase, um dos maiores exchanges do mundo, a moeda disparou de valor.

Da última vez em que falamos da Ripple, ela valia US$ 0,25 por moeda (ou token, para ser mais preciso). Isso foi na metade de dezembro. Com as especulações e expectativas, a Ripple multiplicou seu valor em 10 vezes, sendo trocada a US$ 2,38 no momento em que este texto é escrito segundo o site Coin Market Cap. No entanto, no início de 2017, seu valor era de uma mixaria de US$ 0,0065, o que é uma valorização de 37.000%.

Quem está feliz com isso é Chris Larsen, cofundador e ex-CEO da Ripple, que tem 5,19 bilhões de unidades da XRP (sigla da Ripple). Com a valorização súbita, sua fortuna apenas com seus tokens disparou para a casa dos US$ 12,35 bilhões, o que chamou a atenção da Forbes, revista que tradicionalmente publica a lista dos maiores bilionários do mundo.

No entanto, seu patrimônio não é composto apenas por criptomoedas, o que significa que sua fortuna é muito maior do que esses 12 bilhões. Segundo a Forbes, ele também tem uma participação de 17% na empresa Ripple, o que colocaria seu patrimônio total na casa dos US$ 37,3 bilhões.

O valor assustador coloca Chris Larsen em um lugar alto no ranking Bloomberg Billionaires Index, que monitora a flutuação do patrimônio das pessoas mais ricas do planeta. Ele ficaria na 21ª colocação, atrás do indiano Mukesh Ambani. Larsen também ficaria à frente de figurões da tecnologia como Steve Ballmer (ex-CEO da Microsoft), Paul Allen (fundador da Microsoft), Michael Dell (fundador da Dell), Elon Musk (fundador da SpaceX, Tesla e várias outras), Eric Schmidt (ex-presidente da Alphabet), Jan Koum (criador do WhatsApp).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entenda o que é o Windows 10 S, a nova versão 'super-rápida' do sistema

ZeusPro: dispositivo promete amplificar sinal Wi-Fi sem utilizar energia elétrica

PC de bolso usa capinha de iPhone como gabinete